Literatura

Adriano Bitarães


Até Parece Poema

 

"Muito trabalho e muita poesia", são as expectativas de Adriano para o futuro. Aquariano de uma personalidade tranquila o escritor e professor declara "quero me dedicar à produção artística".

Adriano Bitarães Netto é graduado em letras pela Universidade Federal de Minas Gerais ( UFMG) e mestre em Teoria da Literatura pela mesma instituição. Nascido em Santo Antônio do Grama, ele se define quando criança como "muito tímido, calado e humilde, que vivia muito mais em um plano imaginário".

Quando garoto, Adriano sempre foi elogiado pelos pais enquanto aluno, talvez por ser o único dos 11 irmãos a se dar bem nos estudos. Porém, durante sua adolescência se dedicou muito aos esportes, embora o tamanho ( 1,65m) não contribuísse muito. E com tanto atletismo os estudos iam a reboque. Após concluir o ensino médio, decidiu tentar vestibular. E contrário ao que todos imaginavam ( todos acreditavam que ele tentaria efucação física), resolveu tentar Letras.

Na faculdade veio o encantamento pela literatura. Logo no início do curso Adriano começou a lecionar, e seu pouco conhecimento parecia imenso para os alunos "afinal percebi que todo conhecimento quando doado, ofertado humanamente, é a melhor forma de contribuir para o outro. Desde o princípio me senti acolhido e admirado pelos alunos. Estava afirmando em mim o gosto pelo magistério: profissão tão desconsiderada e pouco privilegiada, infelizmente, em nossa cultura". Adriano começou sua carreira como professor em redes públicas do município de Ribirão das Neves e foi gradativamente entrando e pré- vestibulares. Passou por uma experiência como professor substituto no ensino superior na UFMG e na Faculdade de Pedro Lepoldo, mas o universo acadêmico, para ele, não agradavam muito "acho que a minha contribuição em pré- vestibulares é efetivamente maior que se eu estivesse em uma faculdade", comenta.

 

O que dizem sobre o Adriano...

 

" Pessoa que consegue disfarçar sua timidez com uma postura alegre e, algumas vezes irônica. Valoriza a amizade de forma recíproca. As vezes discreto, outras explícito."

Geraldo Modesto

( Professor de História do Mais)

 

 

" O convívio com o Adriano é ótimo. Ele é ético, divertido e está sempre de bom humor. Os alunos o acham o melhor professor de literatura que eles já tiveram. Dizem que ele ensina de um jeito diferente, engraçado."

Shelley Rose

( Coordenadora Pedagógica do Mais)

 

 

"O Dri é um profissional top de linha, perfeito em todos os sentidos. Além de ser excelente professor, é maravilhoso como pessoa. "

Renata Alves Frederico

( Aluna do extensivo manhã)

 

 

Compartilhe meu Perfil nas Redes Sociais